Páginas

segunda-feira, 21 de maio de 2007

O fascinante mundo das imagens

"...costuma-se dizer que vivemos em uma civilização da imagem ou do audiovidual" (Levy,1998).
Mas o que significa isso?
Na busca de algumas respostas para o entendimento dessa questão, deparei com o livro "A Ideografia dinâmica- rumo a uma imaginação artificial" de Pierre Lévy. Editado em 1998, pela Loyola. Minha preocupação é com a questão das mudanças, do entendimento dessa nova cultura que se constitui, principalmente, através do uso e exploração dos flogs. Lévy nos fala da presença de novos vetores. Vetores de emoção, de sonho e de diversão, tendo como suporte em imagens aminadas e telas interativas. O autor aponta também para a invenção de uma nova escrita. Uma escrita, instrumento de conhecimento e pesnamento. Na história das imagens, já tivemos desejos, como Leonardo da Vinci, onde buscava apliar processos estático de imagens. A linguagem audiovisual, também defendida por Babin, nos proporciona reflexões sobre o ensinar e aprender pelas imagens, por símbolos portadores de memórias, um fascinio diante dos recursos multimidiáticos.

Maristela

2 comentários:

Maristela disse...

Colegas, já estou me tornando chata em justificar minha ausência, mas gostaria de dizer que realmente não consigo escrever, postar algo nos blogs sem uma profunda reflexão das atividades. Confesso que li uma boa parte do livro de Lévy e Babin para apresentar alguns elementos que poderiam fundamentar esse nosso trabalho. São obras importantes. Acreditos que todo professor poderia ler. Porém, percebo o tempo passa e fico numa bola de neve, atividades atrasadas, sem o devido aprofundamento....
Como podem perceber essa é a dinâmica que faz parte de minha vida! Um beijo!
Percebo que estamos fazendo um bom trabalho.

Su disse...

Olá Maristela e grupo

Na mestrado eu trabalhei com professores e blogs :) Uma das coisas mais extraordinárias que observei do processo de apropriação do professor em relação a tecnologia (aos blogs e outras) foi justamente as mudanças nas imagens de seus blogs.
Capturando de tempos em tempos as telas dos blogs pude relacionar estas transformações e usá-las como dados da análise que estava fazendo.

Uma sugestão em relação ao trabalho:
Postem um "esqueleto" (itens, trechos) do relatório da semana e cada uma vai copiando e postando de novo (naão editem) com seus acréscimos e sugestões. Estas podem ser coloridas, como costumamos fazer quando lemos um documento e vamos corrigindo/ampliando.
No final, o relatório fica pronto e ficam salvas todas as suas versões.

abraço!